http://crowd.br.com/wp-content/uploads/2018/07/38.jpg
No cenário atual de crise política e econômica, em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, qualquer diferencial que destaque o profissional é importantíssimo. Especialmente nas áreas relacionadas à tecnologia, como em Webdesign ou Design Gráfico, as ferramentas e técnicas utilizadas evoluem constantemente. Assim, quem não investe em atualização e aprimoramento acaba ficando para trás.

Além disso, a forma de trabalhar também mudou. As demandas remotas (como trabalhar em casa) e com contrato freelancer estão cada dia mais populares. Nesse cenário, é preciso se destacar ainda mais, com bons currículos e portfólios para conseguir fechar novos projetos.

“No cenário competitivo do mercado atual, as empresas escolhem contratar o profissional capaz de mostrar o diferencial mais atrativo. Uma formação com diploma específico nos softwares mais utilizados no mercado, como Corel Draw, Photoshop ou Illustrator, por exemplo, oferece enorme vantagem, pois isso mostra que o profissional é um especialista no assunto”, conta Felipe Portes de Souza, sócio da Escola Design , plataforma que oferece cursos online para quem quer se profissionalizar nesse setor.

Principais capacitações necessárias

Em meio a tantos cursos e programas diferentes, pode ser difícil escolher o que é mais importante para a carreira do designer. A seguir separamos algumas dicas sobre os principais softwares da área e o que é essencial para quem quer ser um profissional altamente requisitado:

Adobe Photoshop

O gigante da edição de imagem não poderia estar fora dessa lista. Atualmente o software mais exigido pelos clientes de design, o Photoshop é extremamente versátil. O profissional que entende de Photoshop é capaz de trabalhar com edição de fotografia, montagens, desenho digital, vetores e dotado de inúmeros recursos e efeitos.

Não é à toa que o software é o queridinho dos designers no mundo todo. Um curso da ferramenta capacita o profissional para trabalhar com design para web e gráfico, publicitário ou criativo.

Adobe Illustrator

Se o seu foco for vetores e ilustrações, o Illustrator pode ser o que você procura. O software possibilita a criação de ícones, logotipos e trabalhos tipográficos, além de aplicar à ilustração a técnica mais utilizada para materiais que precisarão ser transcritos em diversas mídias diferentes: o vetor.

Capaz de criar imagens que podem ser redimensionadas para qualquer resolução sem perder a qualidade, o conhecimento dessa ferramenta não pode faltar no portfólio do designer de identidade visual nem do ilustrador.

Corel Draw

O Corel Draw é outro gigante dos vetores. Possibilita criar trabalhos de ilustração, estampas, logotipos, tipografia, entre inúmeros outros. Este é um dos mais populares programas para lidar com vetores no mercado. Como designer, você precisará editar um arquivo nesse formato uma hora ou outra.

O software permite também que você prepare seu trabalho para impressão com maior facilidade, mais um ponto para o argumento de que sem esse programa no seu currículo, seu repertório não estará completo.

Adobe InDesign

Utilizado em projetos de layouts e diagramação para impressão, o InDesign é o favorito disparado desse mercado. Com ele, você pode montar páginas de revistas e livros, folders e layouts. A ferramenta é ideal para a produção de conteúdos com diversas páginas.

Tanto para impressão quanto para web, se sua intenção é trabalhar com diagramação e layouts, o InDesign precisa constar no seu conjunto de habilidades.

Adobe After Effects

O After Effects é o sucessor do Flash. Mas longe de ser apenas um software de animação, o software lida muito bem com edição de vídeo e é capaz de criar composições em um ambiente 3D.

Atualmente, a maioria das produções para televisão e cinema passaram pelo After Effects em algum momento. Além disso, o programa é capaz de criar animações, infográficos e vinhetas. O domínio dessa ferramenta é fundamental para o designer publicitário, para o editor de vídeos e para o animador.

Blender 3D

Uma das mais poderosas ferramentas de modelagem e animação 3D disponível no mercado, o Blender é atualmente usado pelos gigantes da animação. Apesar de ser um programa tão versátil, sua interface é simples, personalizável e amigável para iniciantes.

Os modelos feitos no Blender podem ser exportados para uma enorme quantidade de formatos.
Você pode, além de animar, criar modelos para impressão 3D, jogos, simulações e o que a sua criatividade mandar.

Motion Builder

Mais focado na animação 3D para filmes e games, o Motion Builder apresenta inúmeros recursos para facilitar o processo de trabalho do animador.

O software permite visualização da animação em tempo real, motion capture utilizando o kinect, sistema de física, control rig, animação em layers, sistema de poses, floor contact e ainda oferece integração automática com o 3Dsmax e Maya.

Todos esses recursos permitem que o processo de animação seja mais rápido sem perder em qualidade.

Adobe Lightroom

Na era digital, tirar boas fotos não é mais o suficiente. O Lightroom é um poderoso editor de fotos que permite aprimorar todos os aspectos da imagem.

Munido de inúmeros filtros e ajustes manuais detalhados, o programa é indispensável tanto para o fotógrafo quanto para o designer que trabalha com fotos – sejam elas para revistas ou para catálogos web.

Além dos ajustes, o programa oferece maior organização e inúmeras opções de exportação da imagem, garantindo que a qualidade original seja mantida ou que a otimização do formato saia da melhor maneira possível.

Texto escrito para o portal Terra.