Startups atingem diferentes camadas do mercado e dão preferências para atuação em nichos.

Resolver problemas e sanar necessidades são o combustível para as startups, independentemente do tamanho do resultado, contanto que seja relevante.

Pequenos mercados permitem caminhos diferentes e ousados. A escala de erros e acertos permite que os riscos presentes nos nichos sejam mais atenuados para startups.

As possibilidades na construção de modelos de negócios são o desafio para startups que optam por mercados menores.

 

Diferentes necessidades, ótimas oportunidades

O efeito cauda longa atinge também os modelos de negócio. As startups que optam pela atuação em nichos podem desbravar cenários ainda inéditos.

As oportunidades podem começar também em locais afastados e quadro específicos, como nas pequenas cidades. Municípios podem apresentar oportunidades de negócios melhores que mercados urbanos para empresas de tecnologia e automação, por exemplo.

Os desafios podem começar pelo acesso a internet e compreensão limitada sobre o uso da tecnologia, mas é justamente onde as startups podem agir.

Logística, avanço e integração são possíveis com planejamento e reconhecimento das oportunidades.

Startups que optam por nichos e locais distantes dos centros de inovação estão encontrando, além de oportunidade, benefícios e economia.

Porém, mesmo com riscos “menores”, os esforços exigem dedicação e investimento para o avanço.

 

Diferenciais e desafios

Estar presente em locais ainda não descobertos é a possibilidade de dominar um mercado ou uma especialidade.

As startups invadem todas as esferas e ecossistemas, mas indo às margens daquilo que é visto como “oportunidade” é possível moldar caminhos e vencer desafios.

Sem tanta competitividade, os passos podem ser mais lentos ou custosos, mas abrir o caminho é tornar-se pioneiro e líder de mercado.

No exterior, é possível observar ideias inovadoras que surgem de diferentes pontos de vista. Já no Brasil é possível atender grandes clientes e demandas em mercados pouco ou nada explorados como no campo.

Os mercados menores também já percebem a necessidade de novas tecnologias e muitas empresas estão dispostas a investir em melhorias para desfrutar  dos benefícios no futuro.

Muito melhor do que brigar por espaço onde modelos de negócios e estratégias já ocupam espaço, faça com que sua startup se torne referência num nicho ainda não conhecido.

 

Por que um nicho e não grandes mercados?

Os grandes mercados têm grandes concorrentes que são bem conhecidos, têm muitos clientes, reputação e confiabilidade.

Entrar em mercados com grandes nomes ou startups que já estão avançando, exige investimento maior e a luta para se destacar em meio a tantos negócios. Portanto, como se posicionar contra os grandes? Um preço mais barato? Mais recursos? Apresentar o real valor vai além dessas decisões.

Investidores e clientes já sabem quais são as melhores startups e projetos nos mercados com toda atenção. Mas os nichos seguem surpreendendo que busca empreender em inovação.

Além de atenção de prospects, os custos com publicidade, relações públicas e marketing são proporcionais ao tamanho do seu mercado e divulgação.

Tudo caminhará para o tamanho do negócio, mas não significando menor crescimento ou retorno financeiro.

Pensar em mercados menores permite desenvolver produtos e serviços muito mais assertivos por atender necessidades e desejos de um público menor e mais afinado em suas preferências.

 

Apenas o começo

Grandes empresas como Facebook e Tesla começaram seus projetos atendendo necessidades para um público limitado, seja para universitários ou criação de carros elétricos, tornando-se verdadeiras potências em mercados gigantes.

Observe seus concorrentes e público de interesse para saber com quem e para quem irá trabalhar. A partir disso, o benchmarking é essencial para conhecer que já está em seu nicho de atuação.

A definição da concorrência esclarece quem serão seus clientes por meio das lacunas existentes no mercado. A regra é não buscar atender a todos, mas atender ao público que é de interesse com a visão do seu modelo de negócio.

Respeitar a essência de sua startup e inovação é o que move projetos e ideais para crescimento.

 

Faça sua startup acontecer com uma boa equipe

Startups buscam os melhores profissionais do mercado prontos para se adaptar ao avanço e desenvolvimento do negócio e seus projetos.

A partir disso, muitas empresas optam por contratar profissionais freelancers por suas habilidades relevantes no mercado e experiências.

Grandes profissionais do mercado são especialistas em suas áreas e trabalham de acordo com a identificação com projeto e cliente, o que chama atenção para as startups.

Com a Crowd, plataforma de freelancers, é possível buscar por profissionais de comunicação e tecnologia entre os mais de 6 mil portfólios cadastrados com profissionais de todos o mundo.
É possível realizar tudo em um só lugar a partir da busca pelo profissional até o pagamento do trabalho de forma descomplicada. Conheça nossa plataforma e traga seus projetos para a Crowd!