Sabemos que os estudantes adotam a atitude “work hard, play hard”: trabalhar duro e se divertir com o mesmo empenho. Mas, além dos estudos, das festas e das necessárias horas de sono, alguns podem se perguntar se é possível acrescentar a tudo isso uma carreira de sucesso como freelancer. Para cumprir os prazos dos projetos e produzir um trabalho de qualidade que exceda as expectativas dos clientes sem comprometer seus estudos, é definitivamente necessário dominar a arte da gestão eficaz do tempo. No entanto, se você for organizado e realista sobre a quantidade de trabalho que pode assumir, não há motivo algum para não ser um estudante exemplar e um freelancer muito bem-sucedido.

Ainda não está convencido? Eis cinco razões pelas quais você deveria organizar seu tempo para dar uma chance ao trabalho como freelancer:

A prática leva à perfeição

Se você está pensando se disporia de tempo para trabalhar como freelancer em paralelo aos seus estudos, por que não contemplar a questão de outra forma? Ao escolher uma área relacionada à sua graduação, você terá a chance de praticar suas habilidades de forma profissional e garantir boas notas ao mesmo tempo. Como estudante de línguas e linguística, minhas listas de leitura são repletas de livros e revistas em francês, alemão, italiano e holandês. Embora meu nível de leitura nesses idiomas seja bastante fluente, trabalhar como tradutora é fantástico para adquirir vocabulário novo e acelerar minha velocidade de leitura, uma habilidade muito útil quando me deparo no meu curso com uma bibliografia especialmente longa e exótica!

Viva pela experiência

… especialmente se desejar qualquer fonte de renda regular no futuro.  A experiência como estudante é muito divertida, mas se tudo o que você conseguir citar no seu currículo após a graduação for uma profunda estima por Netflix e uma aptidão surpreendente para beber cerveja, é muito provável que suas chances de encontrar emprego sejam limitadas. Trabalhar como freelancer permite demonstrar suas habilidades, sua experiência e seu profissionalismo, estabelecendo uma reputação positiva na sua área e uma lista de clientes satisfeitos. O começo pode ser difícil se você não tiver recomendações ou qualificações formais para comprovar o quão incrível você é, mas determinação e perseverança sempre funcionam. Basta convencer um único empregador de que, ao contratar você, ele receberá um trabalho de alta qualidade (e a preços de iniciante!). Depois de completar seu primeiro projeto e mostrar toda a sua capacidade, será cada vez mais fácil encontrar trabalho.

Variedade é o tempero da vida

Competições são uma ótima oportunidade para experimentar algo um pouco diferente: aceitar um projeto sem as habilidades relevantes é o caminho certo para arruinar sua reputação como freelancer (além de ser bastante injusto com o seu contratante). No entanto, em competições abertas é possível exercitar sua criatividade e receber feedback sem se responsabilizar por um projeto.  Independente de ser um cientista da computação secretamente apaixonado por poesia ou um estudante de línguas interessado por fotografia, você pode desenvolver novas habilidades e buscar inspiração em meio à variedade incrível de indivíduos talentosos dentro da comunidade freelancer. E, quem sabe, ainda pode ganhar algum prêmio!

Flexibilidade é a chave do sucesso

Equilibrar seus estudos com todos os outros aspectos da vida nem sempre é fácil, e é exatamente por isso que trabalhar como freelancer é a atividade perfeita para estudantes.  Por ser seu próprio chefe, é você quem decide sobre seu cronograma de trabalho. As provas estão se aproximando? Evite assumir projetos por um tempo.  Vai se mudar durante as férias? Como freelancer, é muito fácil levar seu escritório junto com você.

É o dinheiro que faz o mundo girar

Talvez esse seja o aspecto mais óbvio: trabalhar como freelancer é um modo de ganhar dinheiro quando você precisa, fazendo o que você gosta. E, dado que não é possível sobreviver apenas de cerveja grátis e estímulo intelectual, encontrar algum tipo de fonte de renda durante a faculdade é uma necessidade para a maioria dos estudantes. Embora existam abordagens mais drásticas para levantar de imediato uma boa quantia de dinheiro, como vender um dos seus rins ou algo do tipo, estabelecer aos poucos sua reputação como freelancer vale a pena a longo prazo. Uma vez que os projetos se tornarem regulares, a opção de carreira como freelancer tem o potencial de ser extremamente lucrativa, e não apenas durante a faculdade. Um portfólio impressionante e um histórico de clientes satisfeitos serão essenciais em uma eventual incursão no mundo real. E se você decidir que não consegue encarar a vida fora do mundo acadêmico, ao menos ainda terá alguns órgãos sobrando quando chegar a hora de financiar seu doutorado…

Portanto, não importa se você apenas procura um meio flexível, produtivo e divertido para financiar seus estudos ou sonha com uma carreira integral como freelancer: identifique seus talentos únicos e compartilhe-os com o mundo!